NOTÍCIAS

 

A Câmara Municipal de Votuporanga entrou em recesso legislativo neste início de segundo semestre e finaliza os seis primeiros meses com um balanço positivo dos trabalhos.

O recesso legislativo iniciou-se de 1º de julho até o dia 15, quando retorna as sessões ordinárias da Casa de Leis. Contudo, mesmo em recesso parlamentar os trabalhos internos continuam a todo vapor.

Para se ter uma ideia, neste início de mês de julho, a Câmara já realizou uma sessão extraordinária e outra está programada para esta quinta-feira, às 10 horas. Na ocasião, os vereadores retomam os debates em torno de um substitutivo ao projeto de lei que dispõe sobre a suspensão da contribuição previdenciária patronal, bem como da celebração de Termo de Acordo de parcelamento, junto ao Regime Próprio de Previdência Social de Votuporanga – Votuprev.

Números divulgados pela secretaria-administrativa da Câmara mostram que, no período de janeiro ao dia 29 de junho deste ano, foram registradas mais de 590 indicações apresentadas pelos 15 vereadores de Votuporanga.

No total, as matérias colocadas em discussão no plenário “Drº Octávio Viscardi” ultrapassam mais de 700 documentos – entre projetos de lei de autoria do Legislativo, Executivo, indicações, leis complementares, requerimentos, entre outros.

Conforme o balanço divulgado pelo Legislativo, de janeiro a junho os vereadores apresentaram 596 indicações sobre diversos assuntos relacionados a obras, saúde, infraestrutura urbana, saneamento básico, educação, entre outros assuntos. Os vereadores também discutiram no primeiro semestre 113 projetos de lei, 15 projetos de lei Complementar, 3 projetos de Resolução, 30 requerimentos, 1 projeto de Decreto Legislativo; 3 Moções, totalizando 761 documentos.

O Legislativo também realizou diversas audiências públicas com as secretarias do governo municipal, sessões extraordinárias e centenas de reuniões extras, ou seja, quando algum vereador representa a Câmara de Vereadores em eventos, inaugurações e demais atividades.

Para o Presidente da Câmara – vereador Mehde Meidão, “mesmo com essa pandemia do Covid-19 que afetou o mundo todo, a Câmara mostra que teve um primeiro semestre altamente positivo com mais de 700 propostas discutidas em plenário nos seis primeiros meses deste ano. Ainda estando no período de recesso legislativo, a Câmara está trabalhando normalmente e os vereadores nos quatro cantos da cidade ouvido a população e trazendo para a Casa de Leis as suas indicações”, destacou Meidão.